Eurail – Como usar? Guia completo

Uma forma sustentável de viajar

A Europa é um continente riquíssimo em história, gastronomia, cultura e o que não faltam são cantinhos especiais para visitar. E para fazer isso, poder descobrir esse continente de proporções acessíveis por terra e principalmente, pelo transporte ferroviário, eu encontrei uma solução: Eurail pass! Eu comecei a pesquisar e fazer contas, afinal qual seria a forma mais barata de viajar pela Europa?

Como eu me locomoveria sem gastar tanto?

E quando digo me locomover tanto, digo me locomover muito mesmo!!! A ideia era ir até o Polo Norte e viajar por MUITOS países. Justamente por isso escolhemos a EURAIL, que na verdade não é uma empresa de trem como muitos acham. É um Pass associado que dá direito a usar VÁRIAS empresas conveniadas pela Europa. E por vezes, não somente o transporte ferroviário está contemplado, existem acordos comerciais com empresas de transporte marítimo e rodoviário também.

É por isso que cada empresa tem a sua particularidade. Então, não vá achando que todos os trens são iguais e que tudo seguirá um padrão esperado. Mas calma, eu vou te explicar tudinho por aqui.

Eurail x Low Cost

Qual falamos em viagem barata, muita gente acha que as empresas aéreas, as famosas Low Cost são as melhores opções, certo? Depende.. Só se você souber montar muiiito bem o seu roteiro, claro. Pois mesmo que uma passagem saia por 10 euros, o que já não é tão usual, você ainda tem que pensar que para levar mala de mão mais uma mochila, custa mais um bocado. Se for mala de porão então nem se fala… Pense também que a passagem de 10 euros, praticamente NUNCA se combina com uma passagem barata de volta, e você tem que correr o risco de comprar bilhetes de forma separada, e nem sempre os destinos que você quer, se combinam com preços acessíveis.

Olhe bem, estou falando de uma viagem longa, por vários países! Um mochilão por exemplo. Dois meses viajando por 13 países, a melhor, ou melhor, a forma mais econômica que vi foi utilizar o Global Pass da EURAIL.

Ué, mas você viajou só de trem?

Não, em dois momentos da viagem a Low Cost esteve presente, foram os únicos destinos que achei por 10 euros e isso me fez economizar tempo e alguns dias de utilização do nosso passe. Eu explicarei mais a seguir…

Distância aeroporto x estação de trem

Normalmente os aeroportos que as low cost utilizam, ficam bem distantes dos pontos de interesse, das cidades em questão. Enquanto as estações de trem ficam exatamente no coração das cidades. Pensem só, as cidades eram construídas a volta de suas estações ferroviárias.

A seguir um exemplo, que aconteceu na nossa primeira etapa da viagem:

Porto → Paris

Custo da passagem: 10 euros

Adicionais (bagagem de mão + mochila): 6 euros

Custo do ônibus do Aeroporto Paris Beauvais até o centro de Paris: 23 euros + 01 hora de viagem

Logo a passagem nunca é só 10 euros, mas sim 39 euros por pessoa. Ok, nesse caso ainda está barato e dentro do esperado, então seguimos de avião em consideração às mais de 16 horas que levaríamos para chegar à Paris se fossemos de trem.

Optamos também pelo meio aéreo para cruzar o Mar Báltico:

Cracóvia → Oslo

Custo da passagem: 10 euros

Adicionais (bagagem de mão + mochila): 6 euros

Custo do trem do aeroporto Oslo Torp até Oslo: 30 euros

Preço total: 46 euros por pessoa. Nesta ocasião demorou uma hora e meia do aeroporto até o centro de Oslo. Tivemos que pegar um trem e por estarmos com nosso pass EURAIL, não pagamos os 30 euros e acabou valendo bem a pena. Cruzamos um oceano! Logo, tenha na ponta do lápis esses gastos com transporte até os centros da cidade e também considere o tempo que vai demorar até lá, as vezes não vale a pena pegar avião.

Preste muita atenção com as pegadinhas.

Reservas obrigatórias

Ah! Cris, então o pass da EURAIL é o mais barato de todos?? Calma, depende.. Falando em pegadinhas, tome cuidado também com alguns dos destinos contemplados nos passes da EURAIL. Não é porque você está com pass que não vai gastar mais nada. Alguns destinos mais concorridos te obrigam a pagar pela reserva e quando isso acontece é bom pesquisar também, pois o preço pode variar de acordo com o horário e a classe escolhida.

Mais uma vez Paris vai estar no exemplo. A nossa viagem de trem começou mesmo na Cidade Luz e o primeiro destino foi a Suíça, por um acaso todos os dois países te obrigam a reservar assentos. Entretanto, pesquisar é preciso e você vai economiza bem se o fizer. Encontramos o mesmo trajeto saindo das diversas estações de Paris e para nossa surpresa, pudemos economizar 5 vezes em atenção a isso. Enquanto sair da Gare De L`est é um absurdo, mais de 36 euros por passageiro somente pela reserva, a Gare Du Nord foi super ok, por volta de 7 euros por passageiro.

Os países com reserva obrigatória são:

Em geral, os trens que exigem uma reserva antecipada incluem (mas não estão limitados a):

  1. A maioria dos trens de alta velocidade e internacionais (como SNCF TGV, Thalys, Lyria, Trenitalia Freccia, RENFE AVE, PKP EIP e Eurostar);

  2. Acomodação para dormir em trens noturnos, como sofás e camas

  3. Ônibus panorâmicos, disponíveis em alguns trens panorâmicos.

Geralmente trens de alta velocidade da Áustria ou Alemanha não exigem reserva.

Se você não deseja reservar com antecedência, geralmente pode escolher trens regulares que não exigem reserva; use a função ‘Opções’ no aplicativo Rail Planner para filtrar facilmente trens com uma reserva obrigatória.

Geralmente, os trens regionais não precisam de reserva e, embora os tempos de viagem sejam mais longos e você precise mudar com mais frequência, eles têm vários benefícios, incluindo:

  1. Saia do roteiro mais concorrido e visite algumas das cidades e vilas mais encantadoras da Europa;

  2. Aprecie as vistas, pois muitos trens regionais seguem uma rota panorâmica, permitindo que você desfrute de belos cenários em um ritmo mais lento;

  3. Conheça os habitantes locais, já que os trens regionais são os que eles costumam pegar;

  4. Aproveite viagens flexíveis. Se você perder o seu trem, basta embarcar no próximo, pois os trens regionais têm serviços frequentes;

No app Rail Planner é possível ver quando a reserva é obrigatória

DICA DE OURO: No app Rail Planner, é possível filtrar quais empresas não precisam de reserva.

Como usar o EURAIL Pass

Bem, já que falamos sobre valores, agora vamos falar sobre como usar seu EURAIL PASS

1 → Ative seu EURAIL PASS no guichê da estação. 2→ Atualize seu EURAIL PASS antes de cada viagem, colocando seus dados no Travel Diary. Se estiver com Flexi Pass, não se esqueça de preencher também a data de sua viagem.

DICA DE OURO: TOME MUITO CUIDADO AO PREENCHER ESTE CAMPO! Você não pode rasurar seu pass! Isso pode inutilizar um dia de viagem e não queremos perder um dia sequer de pass, não é mesmo?? Além da falta de rasuras, este campo deve ser preenchido com caneta preta ou azul.

3→ Terá um funcionário checando seu pass a cada trem, as vezes em destinos longos pode acontecer de ser verificado mais de duas vezes, então mantenha-o preenchido corretamente SEMRE. Quando for apresentar seu PASS, tenha também um documento de identificação junto, escolhemos nosso passaporte.

4 → Quando terminar a viagem, envie seu Pass, juntamente com o Travel Diary sem custo e receba um brinde especial da Eurail.

Quem faz parte da EURAIL?

O passe da EURAIL é valido em mais de 28 países! Dessa forma, ele facilita e proporciona uma viagem de paisagens sem igual! Passei por quase toda Europa de trem e vi cenários sem igual, entretanto só parei mesmo em 13 países.

Então meu Pass é valido em todos os trens desses países? Não é bem assim, calma! O EURAIL Pass é valido para viajar nos países OU nas companhias listadas na sua passagem! Existem vários tipos de Pass, o nosso foi o Global Pass e é fácil saber quais são as empresas presentes neste pass, só clicar aqui. Entretanto, tentamos montar todo nosso roteiro com essas informações antes do nosso pass chegar e foi muito difícil! Calma… Existem informações que só chegam junto com seu kit, com mapa, guia e tudo que você precisará para montar seu roteiro de viagem.

DICA DE OURO: Baixe o app Rail Planner isso te ajuda um bocado na organização da sua viagem.

Download para Android – https://play.google.com/store/apps/details?id=org.eurail.railplanner

Download para IOS – https://apps.apple.com/us/app/rail-planner-offline-timetable/id579547877?l=de&ls=1

Tipos de Pass

Continuous Pass → Como próprio nome diz, é um passe contínuo e pode ser usado quantas vezes quiser enquanto estiver válido.

Flexi Pass → É o que usamos e só pode ser usado enquanto estiver na validade, mas também é limitado por números de dias a sua escolha. Nós escolhemos 15 dias por 2 meses.

DICA DE OURO: Seu pass começa a qualquer momento depois das 00:00 horas do primeiro dia de validade e termina até 24:00 do último dia de viagem.

Primeira e segunda classe

Para maiores de 28 anos, o que é o nosso caso, o EURAIL PASS é obrigatoriamente de primeira classe. Entretanto, isso não quer dizer muita coisa. Alguns trens não tem essa diferença e outros, a não ser que sua reserva esteja para primeira classe também, não te dão direito automaticamente à primeira classe.

Como o Pass da EURAIL trabalha com muitas empresas, você vai experimentar trens de tudo quanto é jeito! Em alguns deles a segunda classe parece é mais confortável do que a primeira classe de muitos outros, e trens que deixam a desejar também… rs

DICA DE OURO: Nem todos os trens têm vagão de alimentação, leve sempre um lanchinho.

Alimentação está incluída na primeira classe?

Não, ou ao menos em nenhum trem, mesmo de primeira classe que pegamos a alimentação estava incluída. No máximo água e wi-fi e algumas poltronas são mais confortáveis não em todos.

DICA DE OURO: O EURAIL Pass dá acesso a alguns lounges e esses sim oferecem algum tipo de alimentação. Gostamos muito dos lounges da Suécia.

Porque o Flexi Pass?

Nós escolhemos essa modalidade por querer viajar por muiiitos países e aproveitar bem cada lugar, tendo em consideração que a ideia inicial eram 15 países, mal ficaríamos 2 dias em cada lugar se fosse o contínuo de 1 mês por exemplo. Então, escolhemos 15 dias de trem (dias de deslocamento efetivo) para utilizar em até 2 meses. Lembrem-se, 15 dias de viagem não querem dizer 15 trens! Você pode embarcar e desembarcar em quantos trens quiser desde que tenha o dia de viagem ativo.

DICA DE OURO: Nós conseguimos usar trens em 2 dias contando apenas um! Se você embarcar depois das 7 horas da noite e desembarcar depois das 4 horas da manhã do dia seguinte e o percurso não tiver qualquer conexão, a sua viagem conta como somente a data do dia de chegada no destino. Ou seja, você viaja mais mais de 24 horas!

Foi assim que fizemos no trecho entre Estocolmo e Luleå, quase no Polo Norte!

CUIDADO!

Não deixe de MANEIRA ALGUMA de preencher o campo do diário de viagem! Se estiver viajando sem preenchê-lo, isso é considerado o mesmo que viajar sem bilhetes! Isso significa que terá que pagar um bilhete cheio e talvez ainda precise pagar uma MULTA por isso a depender da empresa em questão.

Ok, mas como eu preencho esse campo?

É super fácil, no seu pass há um espaço chamado “Travel calendar bellow must be filled in:” e em baixo dela tem espaços para dia (em cima) e mês (em baixo), preencha sempre com os dois números, junto com a quantidade de vezes que pode usá-lo. Tínhamos 15 espaços desses e os preenchemos corretamente em todos os casos. Sempre com muito cuidado para não haver rasuras. Faça isso em um lugar tranquilo, se possível com um apoio ou mesa e antes de embarcar no trem.

Atenção! Eu sugiro não preencher tudo de uma vez, já que o pass te possibilita ter mais liberdade para viajar e caso haja algum imprevisto, uma vez preenchido, não poderá mudar o dia de viagem.

Hi! Caramba! Rasurei e agora?

Bem, se o fizer tome muito cuidado, pois uma resura pode ser considerada uma FRAUDE! Os enganos não podem ser corrigidos, a data errada passa a ser inútil e você deve preencher corretamente no espaço seguinte, perdendo assim, um dia de viagem do seu pass.

Viagens noturnas

Um dia de viagem dura da meia-noite a meia-noite e para todas as viagens noturnas, seu pass deve estar válido no dia de partida e no dia de chegada. Muitas vezes usando dois dias de viagem nesse caso.

Entretanto, como já falei, existe o pulo do gato e usamos muiiito isso! Se por ventura você embarca em um trem noturno depois das 19 horas, direto, ou seja, sem conexões, que chega ao destino depois das 4 da manhã, você só utiliza a data do dia de chegada.

HEIM?? Calma que vou exemplificar

Seu trem sai no dia 3 às 21 horas e chega na manhã seguinte as 7 horas da manhã do dia 4. No seu calendário você só precisará preencher o dia 4! Isso nos foi muito útil e nos poupou bastante dias de viagem. E se for de ferry noturno é melhor ainda, não tem isso de hora! Você escolhe preencher o dia da viagem ou o dia da chegada. Agora se seu trem noturno sair antes das 19 ou tiver a primeira parada antes das 4 da manhã, uma conexão por exemplo, será necessário marcar o dia de saída e o dia de chegada.

Vantagens do EURAIL Pass

As vantagens do EURAIL pass não param na maneira de viajar. Os portadores do pass podem usufruir dos mais diversos descontos. Descontos em hotéis, parques, hostels e muito mais! Veja aqui a lista das vantagens separadas por países.

Então fique sempre de olho para ter a melhor experiência sempre com seu EURAIL PASS.

O que eu achei do EURAIL PASS

É uma experiência para vida INTEIRA! E quero muiiito repetir no verão ou em outra ocasião, entretanto aprendi algumas coisas:

Como nossa viagem, foi uma viagem MUITO longa, tivemos que fazer nosso cronograma com muito cuidado.

Alguns países que eu queria visitar, ficaram de fora e foi aí que eu descobri que viajar de trem é um mosaico incrível!

Escolher um país colado no outro não quer dizer que é o trajeto mais curto, às vezes para chegar no país vizinho é necessário voltar para trás para seguir para frente.

Outro ponto importante, não tome como verdade o tempo gasto nos trajetos, principalmente se houver conexão.

O planner te mostra o tempo total da viagem, mas não considera que as vezes trocar de trem é impossível e você vai perder seu próximo trem, rs.

Trens sem conexão!!! Por favor

Coisa importante que aprendi: OPTE POR TRAJETOS SEM MUDANÇAS DE TREM

Isso foi a coisa mais cansativa que fiz de toooodas, ficar trocando de trem entre os trajetos é cansativo e estressante.

Algumas estações não tem elevadores e para trocar de plataforma é uma verdadeira corrida. Em nosso primeiro trajeto, perdemos 2 trens, dos 4 que precisaríamos pegar.

O primeiro foi porque o trem atrasou sua chegada em 4 minutos e o tempo de conexão era de somente 10 minutos. Entretanto, a próxima plataforma sequer ficava na mesma estação, precisamos andar pela cidade e quando chegamos vimos nosso trem partindo. Isso fez com que o trem seguinte fosse perdido também e o cronograma de chegar as 17 horas no destino acabou atrasando 3 horas e só chegamos as 20 horas no destino. Então opte sempre, mas sempre mesmoo! Mesmo que demore mais! Por trens diretos ou mais diretos possível.

Outra coisa que aprendi:

Eu já havia pego alguns trens na Europa, então estava familiarizada com a questão de achar os trens nas telinhas. Procure o número do seu trem nas telas das estações, assim saberá sua plataforma. Entretanto, muitas vezes a informação era bem difícil de ser encontrada e eu entrava em alguns trens tensa sem saber se era ele mesmo. As plataformas recebem trens a todo momento e não é difícil você ficar em dúvida se é realmente o seu às vezes.

Pergunte e pergunte sempre, as informações não são tão fáceis de achar e existem centros de informação em quase todas as estações.

O Cris pelo Mundo teve apoio em sua viagem com os pass da EURAIL, porém este post é fidedigno as minhas impressões.

Não deixe de nos seguir no Instagram e curtir todas as nossas viagens em tempo real! Em nosso canal do YouTube também tem muiiita dica e viagem legal. E claro por aqui sempre traremos novidades, fique ligado no Cris pelo Mundo

VEJA TAMBÉM:

Swiss Pass guia completo

Como pegar trem na Itália

Olá, que bom ver você por aqui!

Não deixe de se cadastrar para receber toda as novidades do site!

Fique por dentro de todos os posts

  • YouTube
  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter

Tem dicas, sugestões ou dúvidas? Envie agora mesmo a sua mensagem!

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Pinterest
  • Instagram