Viajar com bebê até 1 ano

Viajar com bebê é fácil ou difícil??

Antes de ter filho eu achava loucura viajar com bebe, confesso que tive até receio de engravidar, antes de acontecer, como já contei aqui. Porém depois que engravidei vi que Grávidas também viajam e que viajar com o baby não é nenhum bicho de 7 cabeças, pelo contrário, é MUITO GOSTOSO.

Meu primeiro medo depois que tive filho e coloquei o pé na estrada, foi:

Como seria viajar com bebê? E o avião?! Que surpresa boa! Foi ótimo, como conto aqui, já fizemos algumas viagens e ele se comportou como um verdadeiro homenzinho!


Morria de medo de ele ser aquelas crianças que não se adaptam no voo, mas graças a Deus ele gostou muito e até sente falta quando ficamos muito tempo sem viajar. Agora vou resumir alguns aspectos ao longo das 3 fases que já passei, sei que vão ajudar as mamães de primeira viagem, como eu, rs.

Muito pequeno e só mama no peito.

Posso afirmar que quanto menor mais fácil fica a viagem com nosso pequeno! Em nossa primeira aventura ele tinha cerca de 3 meses e só mamava no peito, o que tornou TUDO muito mais fácil, até no avião, sem as mil mamadeiras,leite em pó, água e nem nada para ser esterilizado, só um lencinho, eu, ele e pronto, a fome passava. Era só ter um cantinho reservado, higienizar os seios, que tudo se acalmava.

Ainda tenho um ponto muito bom a meu favor, meu bebê não reclama nada, nada com música alta, então até para os barzinhos à noite eu consigo ir, só preciso de um canto mais escuro que ele embala no sono ali mesmo.


Para eles dormirem, normalmente os hotéis oferecem berços nos quartos e basta avisar no momento da reserva. Porém eu comprei um carrinho com um Kit 3 em 1 que vem com um moisés que acaba servindo de berço, uma bela maneira de não depender de terceiros. Isso facilitou deeeemais a minha vida e não me deixa com uma preocupação a mais quando o assunto é viajar com bebê.


Maiorzinho e mama no peito e mamadeira.

Na segunda e terceira viagem ele curtia tanto peito, quanto mamadeira, o que deixou a viagem um pouco mais complicada.

Já que temos que ver a quantidade de leite em pó, água e pedir para esterilizar a bendita mamadeira, seja lá onde estivéssemos.

No avião também é possível pedir esse auxilio para os comissários de bordo, dependendo da etapa do voo é claro. Em voos curtos não é legal pedir, até porque é tudo muito corrido.

Por sorte todo hotel ou até mesmo restaurante que fui, esterilizaram com o maior prazer, mas eu não gosto nada de depender, o que torna a mamadeira só um ponto um pouco negativo, mas nada que realmente interfira ao ponto de não seguir viagem.


Ele continuava dormindo bastante e toda vez que entravamos em um carro ele apagava, sua personalidade já começava a aflorar.

Já que estava com seus 5 meses e os restaurantes e barzinhos já não ficaram tão fáceis. Sendo necessário tirar um pouco do carrinho e dar uma voltinha.

Para ele ficar mais tranquilo, pouco tempo de passeio já era suficiente e ele ficava feliz, voltando tudo ao normal.

O ritmo da viagem também começa desacelerar, já que sair de manha, de tarde e de noite fica muito cansativo para o bebe. Por mais que ele durma boa parte do tempo.

Já tá bem grandinho e começou com a papinha.

Quando o bebe começa com a papinha, aí sim a coisa muda de figura. O ritmo da viagem começa a ser planejado em antes da papinha e depois da papinha.

Afinal de contas temos que estar no hotel, ou em um restaurante confiável para aquecer a papinha é essencial!

Já ficamos também em quartos que tinham geladeira, fogão e microondas, o que é ideal para essa fase, mas nem sempre é possível conseguir quartos assim, então um bom planejamento é o ideal.


Ainda mais que o potinho já serve de prato e você não precisa ficar levando um monte de tranqueira.

Porém nada que estrague a viagem, só um pouco mais dependente do planejamento mesmo.

A personalidade começa a ficar bem mais forte, ele começa a mostrar opinião sobre o que ele curte ou não.

A atenção também começa a ser mais requisitada, uma simples brincadeira ou passeio para acalmar já não é o suficiente.

Então não se esqueça de levar os brinquedos favoritos. Isso é um ótimo aliado para um passeio tranquilo e uma dica preciosa para viajar com bebê mais tranquilamente.


Cada fase é mais gostosa e diferente da outra. Sempre estamos ansiosos para ver o crescimento e desenvolvimento dos nossos pimpolhos.

Mas vá com calma para curtir cada momento sem pressa desse momento viajar com bebê, pois eles crescem MUITO rápido. Espero que tenha ajudado, deixe sua dúvida ou comentário vamos dividir experiências?! 😉


Beijos e boa viagem!

Não deixe de seguir a gente no Instagram para acompanhar nossas aventuras em tempo real! Ou se inscrever em nosso canal do YouTube e viajar junto conosco em vídeos completos! Ah! Também temos muitas novidades toda semana por aqui, não esqueça de acessar com frequência.

#viagem #comodormir #dicasdeviagemcombebe #comoviajarcombebe #viajar #viagemcombebê #mamadeiraavião #viajardeaviãocombebê #berçohotel #comidanaviagem #criançadecolo #papinhanaviagem #bebê #viajarcombebe

Olá, que bom ver você por aqui!

Não deixe de se cadastrar para receber toda as novidades do site!

Fique por dentro de todos os posts

  • YouTube
  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter

Tem dicas, sugestões ou dúvidas? Envie agora mesmo a sua mensagem!

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Pinterest
  • Instagram