Viseu tudo que você deve conhecer

Viseu a cidade de Viriato, o guerreiro e pai dos portugueses

Além disso, Viseu é um ótimo ponto estratégico para quem quer conhecer mais do país. Viseu fica bem na região central, exatamente no coração de Portugal.

Outro motivo muito bom é o vinho! Viseu fica na região do Dão, uma delícia que eu só fui conhecer aqui em Portugal.

Outro fato interessante sobre Viseu, é que talvez o primeiro rei de Portugal possa ter nascido nesta cidade. Isso mesmo, reza a lenda que a Dona Teresa, mãe de Don Afonso Henriques estava em Viseu quando começou a ter as dores do parto e é o local onde ele realmente nasceu. Tudo bem, Guimarães sem dúvidas leva a fama, e é onde “nasceu Portugal”, mas será que o rei nasceu mesmo em Viseu?? Bem se sim ou se não, eu não sei. O que sei é que de fato Viseu é a cidade de Viriato, o guerreiro conhecido como pai dos Lusitanos!!

Viriato o grande herói lusitano

Mas quem é Viriato? Reza a lenda que foi um grande guerreiro, líder dos lusitanos. Alguns até falam que Viriato é o pai dos lusitanos ou até mesmo dos portugueses.

As informações que temos dele não são muito certas, tudo é meio lenda e meio verdade, entretanto o que sabemos é que ele viveu entre os anos 147 e 139 A.C. e que foi primordial na guerra contra os romanos.

A lenda diz que Viriato era um pastor com força de guerreiro e muita destreza em seu cajado.

Cava de Viriato

Até hoje é possível observar a Cava de Viriato, claro que hoje só tem as ruínas, mas podemos ver um pouco de como os lusitanos viviam. É possível perceber um pouco da fortaleza construída na terra batida, disposto em um octógono perfeito, melhor visto de cima por sua enorme extensão.

Mas quem eram os lusitanos?

Foi o povo ibérico que viveu onde hoje é Portugal. Os lusitanos eram um povo de muita garra e força, foram necessários muitos anos para os romanos conquistarem os povos lusitanos, foto este, principalmente pela liderança de Viriato, que acabou sendo vencido através de uma traição, onde ele foi literalmente apunhalado pelas costas! Ninguém tinha coragem de combater frente a frente com o grande Viriato.

Sé de Viseu

A Sé de Viseu, como grande parte das grandes catedrais de Portugal, é um verdadeiro emaranhado de épocas e histórias! Em sua fachada é possível observar estilos que marcaram do século XII ao XVII. Hoje bem no centro de sua fachada é possível observar a arquitetura maneirista.

A Sé de Viseu foi construída em cima do monte, para além de mostrar sua força e poder, também estar em um ponto estratégico para avistar a invasão de seus inimigos.

A arte na Sé de Viseu

Observe as paredes da Sé com calma, são muitas obras de arte! Comece pelo claustro, onde há três paredes de azulejos que merecem sua atenção. Na primeira o São Teotônio, padroeiro da cidade está abençoando Dom Afonso Henriques. Já na segunda e terceira, é possível observar duas cenas da vida de Jesus: Seu nascimento com os três reis magos e a fuga da sagrada família. Não deixe de olhar para o teto do interior da igreja. É possível ver as cordas com nós marítimos, com a arte típica manuelina.

Relicário

No interior da Sé também é possível ver o relicário de São Teotônio, onde em uma braço de ouro, existe um pedaço do osso verdadeiro do braço de São Teotônio. Mas quem foi São Teotônio? Foi amigo e conselheiro de Dom Afonso Henriques. Esteve sempre ao seu lado na luta em relação a Castela e na própria independência de Portugal. Ele permaneceu ao lado de Afonso Henriques e contra Dona Teresa que queria que Portugal pertencesse à Castela. Destacou-se por ser uma das pessoas que ajudou muito a causa da independência de Portugal. Ele era também amigo de São bernardo de Claraval, um dos fundadores e criadores da ordem dos templários e portanto esta relação de amizade também fez com que são Bernardo de Claraval se tornasse amigo de Dom Afonso Henriques. São Bernardo de Claraval acabou por interceder junto ao Papa para o processo de independência e entendimento de Portugal como país. Na altura era apenas a igreja que reconhecia um país e uma pessoa como rei independente.

Igreja da Misericórdia

Logo na frente da Sé de Viseu, podemos observar a Igreja da Misericórdia, datada do século XVII, seu papel na época era tratar dos menos favorecidos. Sua arquitetura é completamente barroca, é maravilhosa e nos remete um pouco ao Brasil, onde esta arquitetura é tão comum! Outra coisa legal, é que a Igreja da Misericórdia e a Sé são separadas apenas por uma praça, sendo possível visitar as duas, assim bem pertinho uma da outra. Ah! Não deixe de observar a vista ao lado da Igreja, é lindíssima de onde pode-se ver a cidade de cima.

Museu de Grão Vasco

O Museu de Grão Vasco, leva este nome em homenagem à Vasco Fernandes.

Vasco Fernandes foi um pintor do Século XVI nascido em Viseu e muito conhecido por suas obras da época do renascimento. É até hoje um dos mais importantes pintores do país.

O museu além de muitas de suas obras, também contempla obras de outros pintores contemporâneos e peças arqueológicas.

Se perca pelas ruas de Viseu

Viseu é linda de viver e o centro histórico tem um chame a mais com suas ruas e casas de pedra.

Preste bem atenção nos detalhes, comece sua andança pela Rua Direita, é a rua principal a nível de comercio. Bem, de direita esta rua não tem nada, é cheia de subidas, descidas e curvas. Portugal tem por costume chamar de rua direita a menos direita que há, ou seja na verdade ruas bem tortas.

Outra curiosidade está no chão, preste bem atenção e verás muitos desenhos, mas o que será? Não contive a curiosidade e acabei perguntando aos moradores. São simplesmente os desenhos das ruas perpendiculares, como por exemplo: se há uma carqueja é porque ali tem a rua ou travessa da carqueja.

Feira de São Mateus – Festa popular de Viseu

Logo na frente da estátua de Viriato podemos encontrar o campo de Viriato, onde acontece a Feira de São Mateus. É a feira mais importante da cidade e pensem só, tem mais! Em 2020 a feira faz 628 anos!!! Mas não vá achando que é uma festa religiosa, apesar de seu nome, a festa reune shows, muita gastronomia e até um parque de diversões!! Acontece todos os anos entre os meses de agosto e setembro.

Viseu nos surpreendeu

Viseu me encantou e se mostrou uma cidade para lá de surpreendente com suas histórias de guerreiros e reis. Infelizmente acabei por não provar o famoso doce da cidade, o doce Viriato, mas fica aí uma desculpa para voltarmos.

A cada cidade que conheço por cá, tenho a certeza que o país é encantador e saiu sem dúvidas de um conto de fadas.

As fotos deste texto foram tiradas pela fotografa Márcia Rocha

Nós fizemos esta viagem com o apoio da Your Tours Portugal

Não deixe de nos seguir no Instagram e curtir todas as nossas viagens em tempo real! Entretanto não esqueça de nosso canal do YouTube tem muiiita dica e viagem legal. E claro por aqui sempre traremos novidade

Leia também:

Braga a cidade romana portuguesa Fundão – Um passeio delicioso pelo Centro de Portugal Douro Verde uma terra fértil de literatura Além da Serra da Estrela Porto Guia completo da cidade

Olá, que bom ver você por aqui!

Não deixe de se cadastrar para receber toda as novidades do site!

Fique por dentro de todos os posts

  • YouTube
  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter

Tem dicas, sugestões ou dúvidas? Envie agora mesmo a sua mensagem!

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Pinterest
  • Instagram